28 marzo 2006

Timor y la Escola Básica da Charneca de Caparica

"O Engraçadoé que na minha Escola. Escola Básica Integrada da Charneca de Caparica, em Portugal, desde Setembro de 2005 que já dedicamos uma hora à leitura numespaço que chamamos "Estudo Acompanhado".
Temos tidos excelentes resultados ao nível das requisições domiciliárias danossa Biblioteca e sentimos que os alunos leêm mais e que o fazem livremente,s em aquela noção da obrigação.
Poderão consultar alguns dados estatísticos na nossa página na secção estatísticas.
Votos de bom trabalho
João Paulo Proença,
Coordenador do Centro de Recursos Educativos"

Una historia para compartir de este sitio amigo

Em tempos que já lá vão, vivia na ilha Celebes um crocodilo muito velho, tão velho que não conseguia caçar os peixes do rio."

Certo dia, morto de fome, decidiu aventurar-se pelas margens em busca de algum porco distraído que lhe servisse de refeição. Andou, andou, até cair exausto e desesperado, sem forças para regressar à água.
Quem lhe valeu foi um rapaz simpático e robusto que teve pena dele e o arrastou pela cauda .
Em paga pelo serviço prestado, o crocodilo ofereceu...se para o transportar às costas sempre que ele quisesse navegar. Foi assim que começaram a viajar juntos.
Mas, apesar da amizade que sentia pelo rapaz, quando o crocodilo teve novamente fome, lembrou...se de o comer. Antes, porém, quis ouvir a opinião dos outros animais e todos se mostraram indignadíssimos. Devorar quem o salvara? Que terrível ingratidão! Envergonhado e cheio de remorsos, o crocodilo resolveu partir para longe e recomeçar a sua vida onde ninguém o conhecesse. Como o rapaz era o único amigo que tinha, chamou...o e disse-lhe assim:
-Vem comigo à procura de um disco de ouro, que flutua nas ondas perto do sítio onde nasce o sol. Quando o encontrarmos seremos felizes. Mais uma vez viajaram juntos, agora sulcando o mar que parecia não ter fim mas, a certa altura, o crocodilo percebeu que não podia continuar.
Exausto, deteve...se na intenção de descansar apenas um instante mas, logo que parou, o corpo transformou-se numa ilha maravilhosa! O rapaz, que se viu homem feito de um momento para o outro, verificou, encantado, que trazia ao peito o disco de ouro com que o crocodilo sonhara.
Percorreu então as praias, as colinas e as montanhas e compreendeu que aquela era a ilha dos seus sonhos. Instalou-se e escolheu o nome para a ilha. Chamou-lhe Timor, que­ significa "Oriente".

Pois é. Como já devem ter percebido, esta lenda surgiu para tentar explicar a forma especial que tem a ilha de Timor. Parece um crocodilo a nadar.

1 comentario:

joão proença dijo...

Obrigado Mariela:

Esta é uma bonita homenagem ao povo de Timor Leste, primeiro país independente do novo milénio.

Este povo tem lendas e tradições maravilhosas e merece todo o apoio que lhe pudermos dar. A cultura e Educação será o apoio maior, embora seja importante respeitar a sua cultura.